Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS
Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS
Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS
Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS
Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS
Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS
Já há muito tempo que estavamos ensaiando para fazer esta matéria. Dois celtas impecáveis, montados com bom gosto, com essa altura, e ainda por cima de dois amigos? Receita perfeita!

O prata é obra do Gustavo, que frequenta o encontros do STR há uns bons 7 anos. Não com o Celta, claro. Vários carros já passaram nas mãos dele, sempre com alterações que merecessem atenção, mas somente com esse Celta, usado no dia-a-dia, que tivemos a oportunidade de registrar os cliques. Entre as modificações, destacamos a suspensão de rosca, que roda na altura que está nas fotos sempre, por isso não há motivos para que não seja dado o crédito de 'fixa', e as rodas, Zunky ZK-50 de 17", réplicas da prima Montana Sport, que foram pintadas em uma tonalidade especial criada pelo próprio Gustavo, protegidas por um jogo de Nakang 185/35.

Já o 'branquinho' veio diretamente de Campo Mourão, xodó do nosso amigo Eduardo, que fez questão de rodar até aqui somente para fazermos as fotos. Campo Mourão é uma cidade que nos do STR gostamos de coração, já que sempre fomos muito bem recebidos por todos, sem distinção! Voltando para o Celta, destaque pra suspensão fixa, legalizada no limite de 48 cm, e para as belas rodas Infinity 'BBS' 803 de 17", com pneus exclusivos Nankang 185/35, idênticos ao usados no prata, e que permitem que se ande nessa altura sem que haja danos nos próprios pneus.

Durante a sessão de fotos, mais uma vez fomos presenteados com uma chuva, mas que mais uma vez criou o céu perfeito que tanto gostamos! E para finalizar, usando as típicas frases, sempre tenhamos em mente que o chão é o limite e que rebaixar é arte e raspar faz parte, com respeito, bom senso, união e amizade!
Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS
Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS Highslide JS