A Ford lança para o mercado sul-americano nesta sexta-feira (27) em Mendoza, no norte da Argentina, a terceira geração do Focus. Produzido em General Pacheco, na província de Buenos Aires, o novo modelo chega ao mercado brasileiro no início de outubro.

Lançado nas versões hatch e sedã, terá o sedã como principal protagonista. A Ford é clara (e realista) em seu objetivo com a versão sedã: estar, ao menos, entre os quatro primeiros colocados no segmento de médios – posição que o Focus antigo, embora repleto de qualidades, jamais alcançou desde 2008, quando foi lançado.

Mais sofisticado, o modelo subiu de patamar, e chega ao Brasil com valores acima do antecessor. Para o sedã, os preços partem de R$ 69.990 e chegam até R$ 89.900. Já a versão hatch - rival declarada do VW Golf - tem preço mais ameno que o do concorrente alemão: parte de R$ 60.990.

Disponível nas motorizações de 1.6 e 2.0, vale o destaque para evolução e melhorias empregadas no motor 2.0 Duratec, agora Direct Flex. Além de dispensar o tanquinho para partida a frio, o bloco ganhou 30 cv a mais frente ao antigo 2.0. Agora, ele despeja 175/178 cv (gasolina/etanol) a 6.500 rpm, com torque máximo de 22,54 kgfm.